Patrycja Gabrel

soprano

Licenciada em canto pelo Conservatório de Música Fryderyk Chopin, em Varsóvia, e pela Escuela Superior Reina Sofia em Madrid, sob orientação do professor Tom Krause. Teve ainda oportunidade de participar em masterclasses com Riri Griest, Charles
Kellis, Anita Garança e Helmut Deutsch. Foi vencedora
do prémio “Alfredo Kraus” Melhor Jovem Músico em Madrid e também do prémio da competição “Arte da Canção Polaca” (Radio Classica). Foi bolseira da Fundação Gulbenkian para projetos ENOA e também membro
do Coro entre 2010-2014. Prossegue atualmente o seu aperfeiçoamento vocal com a professora Joana Siqueira. Participou em vários Festivais como o Festival d’Aix-en- Provence, Flagey Brahms, Festival em Bruxelas, Festival de Órgão da Madeira e Festival Internacional de Música de Macau. Integra com frequência prestigiados agrupamentos nacionais, como grupo Vocal Olisipo, Capella Patriarchal
e Ludovice Ensemble. Cantou com a Orquestra do Norte, a Orquestra Metropolitana de Lisboa, a Orquestra de Câmara Portuguesa, a Orquestra Filarmónica de Varsóvia, a Orquestra Divino Sospiro e também com a Orquestra Gulbenkian, tanto no domínio da Oratória como em outros tipos de repertório. Como solista cantou sob a direção de Michel Corboz, Michael Zilm Paul McCreesh, Leonardo Garcia Alarcon, Lawrence Foster, Jean-Marc Burfin, Osvaldo Ferreira, Jorge Matta, Joana Carneiro e Jan Wierzba. Em 2015 gravou o papel de Mére na estreia da ópera L’Autre Hiver de Dominique Pauwels. O seu repertorio operático inclui papeis como Violetta(La Traviata de Verdi), Rainha da Noite (A Flauta Mágica de Mozart), Lucia (Lucia di Lammermoor de Donizetti) e Lulu (Lulu de Alban Berg).

Patrycja Gabrel